quinta-feira, 13 de março de 2014

What are you going to do with your life?

Quem passa na rua e te cumprimenta; quem passa direto; a pressa; o objetivo; quem trabalha com você mas não dá bom dia; aquele senhor que você admira e aquela outra garota que admira você; o rapaz que descobre que está doente; a menina que descobre estar grávida; O pai que tem que tomar uma decisão difícil; a mãe que teme quando o filho sai à noite; o pai que não fala mais com a filha depois que se separou da mãe dela; o filho que culpa o pai pelas dificuldades e fracassos da vida; quem tem 19 anos; quem tem 38 anos; quem tem 57 anos; o pai que sonha que o filho seja advogado; o filho que quer ser desenhista; a filha que foi morar no nordeste com um surfista; seu amigo que faz anos que você não vê; a banda que você descobriu e é uma maravilha; a artista antiga que você descobriu ontem, o filme que te tocou; o escritor que escreve seu 40º livro; o garoto que sonha em lançar seu primeiro livro; o beijo que você ganhou; o beijo que você perdeu; o carro que quebrou e te fez ganhar uma amizade; um olhar risonho trocado no metrô lotado; o vocalista que chorou no palco; a banda que não deu bis porque não quis; o arrepio com um sussuro no ouvido; o medo quando seu filho sobe na árvore; a alegria de salvar um gatinho, a espinha gelada quando o telefone toca de madrugada; o amor da sua vida que você perdeu; o amor da sua vida que você ainda não conheceu; o amor que você tem hoje; os carinhos que ganhou; os carinhos que deu; os carinhos que desperdiçou; a senhorinha velhinha dona da pensão em Paranapiacaba; a turbulência do avião; o livro que fez você mudar de opinião; olhos que se fecharam; olhos que se abrem; quem nasceu; quem morreu; quem adormeceu; o que é difícil de aguentar; o que é preciso; um segundo que não passa; um dia inteiro que voa; um ano fatídico; um ano esquecido; tempo gasto; tempo aproveitado; quem te olhou com desprezo; quem te olhou com ternura; quem fez por birra; quem fez por compaixão; de quem a gente lembra; de quem a gente esqueceu o rosto; quem a gente perdeu contato; quem a gente conheceu ontem; quem te empurra; quem te puxa; travesseiro muito duro; travesseiro muito mole; filme que dá sono; filme que transforma; o que a gente guarda; o que a gente descarta; o avô que não vê o neto; o avô que dança com o neto; as cobranças que te fazem; as cobranças que você faz; o que te emociona e o que te intriga; a curva sinuosa da estrada molhada; as colisões nas ruas; as colisões na vida; os labirintos nos caminhos; o congestionamento das vias; o sangue; os céus; meteoros esbarram em Júpiter; vida em Marte; o que têm no fundo dos oceanos; o que têm embaixo do tapete; além das nebulosas; correndo nas veias; nos nervos; no peito; na mente; o que exala; o que inspira; o que expira; quem busca a paz no dinheiro; quem ganha a paz no coração; a bola que bateu na trave; o parafuso que não estava bem apertado; as lágrimas de alegria e esperança; as de dor; as de desamparo e desesperança; o chão que pisa; o chão que cai; o que a gente pensa quando olha as estrelas; o que a gente sente quando olha a terra; o que a gente enxerga quando fecha os olhos; o que a gente não enxerga quando os abre; os batimentos por minuto; as rotações por segundo; o que é real; o que é fantasia; o medo de não ser capaz; a confiança de ser forte; quem desconfia de você; quem confia em você; de quem você desconfia; o que falta; o que sobra; o que distrai; o que completa; o que abre; o que fecha; o que mata; o que ressuscita; quem tratou as mulheres como objeto e agora tem 4 filhas; quem traiu agora tem ciúmes; quem viu demais e cegou; quem tem olhos e não guia ninguém; quem passou por você e só deixou o perfume em volta; o eixo que saiu do lugar; quem percebeu; quem não percebeu; quem se entregou; quem se rebelou; alguém que você não reparou; a moça que quer casar e ter filhos; a moça que quer ir viver na Europa; quem não gosta de crianças; quem não gosta de cães; quem não gosta de gatos; quem coopera; quem não come cru; quem te ajudou a levantar quando caiu; quem você derrubou; quem você ajudou alevantar; quem te derrubou; o estranho que estendeu a mão a outro estranho; quem deu lugar a quem precisava; quem foi ombro; quem foi bigorna; quem foi balança; para quem você cozinha; quem cozinha para você; quem foi e nunca mais voltou; quem nunca vai em lugar algum; quem parasita; quem voa; quem visita e retorna; Quem anda armado; quem vai na contramão; o amigo que venceu; o amigo que não queria ver ninguém vencendo; quem floresce; quem enraiza; quem nada; quem chafurda; a sala que é pista de dança; a sala que é ringue; o quarto sombrio; o quarto iluminado; quem se afoga; quem prende a respiração; quem fala demais; quem escuta e não ouve;  posição fetal; solidão; quando chega; quando vai; Quem passa na rua e te cumprimenta; quem jogou tudo pro alto; quem pega tudo no alto; quem dividiu a comida; o rapaz que descobre que vai ser pai; a menina que descobre estar doente; O pai que tem que tomar uma decisão difícil; a mãe que teme quando o filho sai à noite; o filho que não fala mais com o pai depois que se separou da mãe; a filha que culpa mãe pelas dificuldades e fracassos da vida; quem tem 7 anos; quem tem 21 anos; quem tem 70 anos; o pai que sonha que o filho seja arquiteto; o filho que quer ser político; a filha que foi morar no sul com um artista; o soco; o afago; o quente; o frio; o certo; o errado; a verdade; o véu; a cortina; a janela; a pessoa desconhecida e fantástica ombro a ombro com você na multidão; o suspiro; a artista na rua, o quadro; a saudade; a história de uma vida; o filme que te tocou; o músico que compos seu 40º álbum; o garoto que sonha em lançar seu primeiro; o beijo que você ganhou; o beijo que você perdeu; o beijo que você deu; o carro que quebrou e te fez ganhar uma amizade; a flor que desabrochou; o ch; o x; o riso gostoso; a lágrima sincera; o ator que chorou no palco; a banda que voltou pro bis; a respiração pesada; o grito libertador; um abraço aconchegante; o medo quando seu filho cresce; o medo quando sua mãe envelhece; a espinha gelada quando o telefone toca de madrugada; o amor da sua vida que você perdeu; o amor da sua vida que você ainda não conheceu; o amor da sua vida que você tem hoje; a ganância; o exemplo; os carinhos que ganhou; os carinhos que deu; os carinhos que achou que desperdiçou; a mão altruista; o golpe por trás; a turbulência do avião; o livro que fez você mudar de opinião; a palavra dita e a não dita; quem cresce; quem encolhe; quem se expande; quem se retrai; olhos que se fecham; olhos que se abrem; quem nasceu; quem morreu; quem adormeceu; o que é difícil de aguentar; o que é preciso aguentar; um segundo que não passa; um dia inteiro que voa; um ano fatídico; o que é importante falar e não precisa porque alguém entendeu; um ano esquecido; tempo gasto; tempo aproveitado; quem te olhou com desprezo; quem te olhou com ternura; o que muda; o que não muda; a corda que arrebentou; quem fez por birra; quem fez por compaixão; de quem a gente lembra; de quem a gente esqueceu o rosto; quem a gente perdeu contato; quem a gente conheceu ontem; quem te empurra; quem te puxa; a corda jogada; a garota que quer se casar; a garota que quer se divorciar; o menino que só quer brincar; o rapaz que descobriu cedo; o velho que que ainda corre atrás do próprio rabo; quem conta até dez; quem espanca quem conta; travesseiro muito duro; travesseiro muito mole; filme que dá sono; filme que transforma; o que a gente guarda; o que a gente descarta; o avô que ensina o neto; o neto que ensina o avô; as cobranças que te fazem; as cobranças que você faz; o que te emociona; o que te intriga; a curva sinuosa da estrada molhada; as colisões nas ruas; as colisões na vida; os labirintos nos caminhos; o congestionamento das vias; o sangue; os céus; pinceladas em Júpiter; vida em Marte; o que têm no fundo dos oceanos; atrás da lua; o que têm embaixo do tapete; além das nebulosas; correndo nas veias; nos nervos; no peito; na mente; o que exala; o que inspira; o que expira; quem anda em linha reta; quem anda em círculos;  quem você alimenta; quem te alimentou; a hora do sono; a hora do despertar; quem busca a paz no dinheiro; quem conquista a paz no coração; a bola que bateu na trave; o parafuso que não estava bem apertado; o que a gente vê quando olha as estrelas; a noite do julgamento; o dia de sol da oportunidade; o que a gente pensa quando olha pro chão; o que a gente enxerga quando fecha os olhos; o que a gente não enxerga quando os abre; o coração acelerado; as rotações por segundo; o que é real; o que é fantasia; o medo de não ser capaz; a confiança de ser forte; o que acende; o que ascende;

 (café da tarde com bolos com a vovó; jogo de damas com o vovô; pega-pega com os primos; a toalha macia que a mamãe traz depois da praia, quando bate um vento frio, sentir os pés na areia, o tempo que passa devagar e nem parece existir, o melhor presente do mundo, as conversas com seu cãozinho, o primeiro beijinho, dormir no colo e ser levado para a cama, passar a manhã assistindo desenhos porque não teve aula - a professora faltou - fazer um gol, aprender a andar de bicibleta sem rodinhas, ralar os joelhos e alguém assoprar para sarar, dividir o lanche com o colega no recreio, acordar tarde no domingo, desenhar, pintar, recortar, colar, rabiscar, contornar, modelar, misturar, empilhar, enfileirar, embrulhar, experimentar, inventar, adorar, não gostar tanto, dar beijo de boa noite, dormir na casa da vovó, dormir na casa do primo, do amigo, fazer planos para o verão, jogar futebol na sala de estar, usar a estante como prédio, promover corrida de carreteis, lutas épicas de bonequinhos, ter muito medo, ter muita coragem, dar o dedinho e fazer as pazes depois das brigas, andar de mão dada com alguém, chorar quando uma coisa boa acaba, rir até doer a barriga, fazer amizade onde estiver, entender o que não entendia, guardar um segredo, pião, bolinhas de gude, passeio no bosque, colocar sozinho uma pipa no alto, descarregar até acabar a linha,  arrumar sozinho a corrente da bicicleta, abrir o relógio para ver como é dentro, classificar como o dia mais feliz da vida, o que pôde ficar até mais tarde brincando na rua...)

 quem desconfia de você; quem confia em você; de quem você desconfia; o que falta; o que sobra; o que distrai; o que completa; o que abre; o que fecha; o que mata; o que ressuscita; os sonhos dos outros; os seus sonhos; quem tratou as mulheres como objeto e agora tem 4 filhas; o vicio pela mágoa; o falso conforto passageiro da mentira; o medo da verdade; quem traiu agora tem ciúmes; a dependência dos sentidos; quem viu demais e cegou; quem foi carrasco e caiu nas mãos de um; quem tem olhos e não guia ninguém; o evitável; o inevitável; quem passou por você e só deixou o perfume em volta; ser feliz; ser prudente; ser bem sucedido; ser independente; ser campeão; ser preciso; ser valente; ser perfeito; quem não percebeu; quem se entregou; quem se rebelou; quem ouviu; quem aprendeu; quem deu a vida; quem tirou-a; o imperfeito; a desconfiança; alguém que você não reparou; a moça que quer casar e ter filhos; a moça que quer ir viver no campo; a mulher que perdeu o filho; quem não gosta de crianças; quem não gosta de cães; quem só gosta de gatos; quem coopera; quem come cru; quem santifica; quem embarca; quem pousa; quem te ajudou a levantar quando caiu; quem você derrubou; quem você ajudou a levantar; quem te derrubou; o estranho que estendeu a mão a outro estranho; quem deu lugar a quem precisava; o cheiro que te faz lembrar; quem doou o que não tinha; quem foi bote salva vidas; quem foi bigorna; quem foi balança; quem foi peso; para quem você cozinha; quem cozinha para você; quem foi e nunca mais voltou; quem nunca vai em lugar algum; quem parasita; quem voa; quem visita e retorna; quem anda armado; quem vai na contramão; o amigo que venceu; o amigo que não queria ver ninguém vencendo; quem floresce; quem enraiza; quem nada; quem chafurda; quem deixa a onda levar; quem rema contra o curso do rio; quem ri da ignorância; quem conhece; quem reconhece; quem vence; quem derrota; quem renasce; a sala que é pista de dança; a sala que é ringue; a bailarina; o cisne negro; o quarto gelado; o banho quente; o instrumento gasto de uso; o troféu enferrujado; o quarto empoeirado; quem ofusca; quem brilha; quem acredita; quem repele; quem se afoga; quem prende a respiração; quem fala demais; quem escuta mas não ouve; quem perdoa; quem compreende; quem ri; quem ajoelha; quem abre os braços; o corvo; a águia, o porco; a tartaruga; quem se contorce; quem se entrega; posição fetal; a solidão; o preenchimento; a completude; o infinito; o finito; quando chega; quando vai; quando volta; quem passa na rua...


5 comentários:

Camila disse...

...

Charlotte Deschain de Gilead disse...

Ka

Dex disse...

ô loco!!!

What Are You Going to Do with Your Life? disse...

E um dia tudo isso silencia?

Meu Mundo....??? disse...

Não, só abaixa o som.

Postar um comentário

fala que eu te escuto: